FALE CONOSCO 82 3316.9868
82 3333 1234 [email protected]

Morar sozinho é mais que sair da casa dos pais. É começar uma nova vida, adquirir uma série de novas experiências – e responsabilidades também – que vêm junto com a mudança. Você pode até ficar assustado com isso se tem amigos que já moram sozinho. 

Os relatos dele certamente não devem ser dos melhores, mas saiba que é perfeitamente possível mandar bem em voo solo se atentando a algumas coisas. Por isso, julgamos necessário te ajudar nessa tarefa. 

Confira 7 dicas que facilitarão (e muito) seu processo de adaptação à vida nova. Leia-as atentamente e, caso as siga direitinho, você verá que morar só não é nenhum bicho de sete cabeças.

 

1. Não compre tudo de uma vez

Uma coisa que você irá perceber, quando e mudar, é que precisará de alguns itens imediatamente. Por isso, é importante se planejar para comprá-los antes mesmo de se mudar. Confira quais são eles:

 

PRECISO PARA AGORA

POSSO COMPRAR DEPOIS

Cama

Sofá

Mesa e cadeiras

Tapetes

Panelas

Armários

Pratos e copos

Talheres específicos

Máquina de lavar

Itens de decoração

 

Você não irá dormir no chão ou cozinhar apenas com a leiteira, não é mesmo? Por isso, os itens da cozinha e o quarto são a prioridade neste momento. Você provavelmente irá ficar tentado em deixar a casa decorada o quanto antes, mas se não puder comprar tudo de uma vez, não o faça.

Inclusive, fazer isso não é recomendado mesmo se puder (pelo menos não nesse momento, explicaremos o porquê nos próximos tópicos). Priorize aquilo que realmente é necessário para o momento. Assim, você não faz dívidas grandes logo no comecinho dessa nova fase. Isso fará toda a diferença.

2. Crie hábitos de organização quando for morar sozinho

Morar sozinho - homem limpando a casa

Foto: Freepik / Reprodução

É uma maravilha ter tudo pronto na casa dos pais, não é mesmo? Casa limpa, roupa lavada, comida na mesa… Bom, você sabe que não vai ter nada disso quando for morar sozinho se não fizer você mesmo. Por isso, não procrastine as tarefas domésticas. Afinal, quanto mais você adiá-las, mais difícil ficará para dar conta de tudo. 

Portanto, organize sua rotina de atividades diárias para que se faça um pouco todos os dias sem precisar parar para dar um jeito em tudo de uma vez. Além de conseguir deixar sua casa sempre organizada dessa forma, você também evita que o cheiro de  louça ou roupas sujas, por exemplo, tome conta do seu lar. 

 

3. Não é preciso gastar muito para decorar a casa

Uma boa decoração é o que dá a sensação de lar a um imóvel. Entretanto, no início da sua vida morando sozinho, não é preciso gastar tanto para isso. Existem diversas formas de economizar bastante nesse quesito. O principal deles é fazendo alguns itens você mesmo. 

Além de ser um ótimo hobby, a bricolagem te permite criar as coisas do seu jeito e deixar o apê com sua cara! Em nosso instagram, por exemplo, há diversos tutoriais de como fazer alguns itens de forma super simples, mas que ficam lindos! O YouTube também é outro lugar onde você pode encontrar soluções criativas para transformar sua casa. Vale conferir!

 

4. Mas cuidado para não exagerar na decoração

Você provavelmente irá se empolgar quando começar a ver o resultado das peças que fará, mas bom senso é fundamental. Afinal, um ambiente com muitos itens fica carregado e dá a sensação de bagunça. 

Por isso, na hora de povoar seu apê com móveis e itens de decoração, sempre pare para observar a funcionalidade daquela peça no ambiente. Se ele não casar com o que já está no local, pense duas vezes antes de colocá-lo lá.

 

5. Planeje bem sua vida financeira

Homem coma carteira vazia - Morar sozinho

Foto: Freepik / Reprodução

O início do seu voo solo precisa ser bem planejado para que perrengues não aconteçam. Por isso, pensar bem nos seus gastos (e controlá-los, principalmente) é fundamental para manter sua saúde financeira. Comece definindo e separando o valor das principais contas, depois defina prioridades e hierarquize os gastos supérfluos.

Por exemplo: prestação do imóvel, condomínio, boletos de água e energia elétrica, além de gastos com alimentação e transporte, são essenciais. Estime quanto do seu salário irá para essas prioridades e, a partir disso, hierarquize os outros gastos mensais. 

Além disso, separe uma quantia para lazer. Afinal se divertir é fundamental, mas poupe ao menos 10% do que você ganha para fazer uma reserva de emergência. Isso te ajudará bastante.

Não é incomum encontrar jovens que estão no vermelho por falta desse senso de organização das finanças. O que isso acarreta é, no mínimo, ter que pedir ajuda aos pais ou recorrer a trabalhos por fora para dar conta das dívidas. Não é isso que você quer pra si, não é mesmo?

 

6. Aprenda a cozinhar

Homem cozinhando - morar sozinho

Foto: Reprodução

Cozinhar em casa é, além de um hobby e a forma mais eficaz de controlar o que você come, uma forma eficaz de economizar. Por isso, quando for morar sozinho, dedique parte do seu tempo em casa para isso. Afinal, ninguém vive de miojo e biscoito por muito tempo, não é mesmo? 

Para começar, aprenda o básico: feijão, arroz e proteína. Não se esqueça de comprar frutas, legumes e verduras semanalmente. Quando pegar o jeito, arrisque fazer algumas de suas receitas favoritas. 

Às vezes não dará certo, mas só a prática fará você aprender. Não faltam elogios (nem paqueras) para quem sabe cozinhar, então que tal começar a treinar seus dotes culinários agora mesmo?

 

7. Pense bem antes de fazer festas em casa

Só quem já teve que arrumar uma casa bagunçada após uma festa sabe o sofrimento que é fazer isso sozinho. Receber amigos em casa para comemorar algo é muito bom, mas a limpeza geralmente fica para o anfitrião. Por isso, pense bem antes de reunir seus amigos dentro de casa. Afinal, além da bagunça, você pode incomodar outros vizinhos com barulhos de som e conversas altas. Você pode, inclusive, pagar multas por isso. 

Dito isso, há espaços específicos no condomínio onde é possível reunir a galera. Por isso, quando pensar em fazer alguma confraternização, prefira esses espaços, que foram projetados especificamente para isso. 

Viu que não tem drama morar sozinho? Basta seguir nossas dicas que sua independência será incrível. Se você gostou desse conteúdo, assine nossa newsletter para receber mais novidades como esta e compartilhe esse texto com seus amigos que estão perdidos morando sozinho!